Google+ Followers

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

SURPREENDENTE PARTIDA

Nem mostrara em seus olhos uma luz de alumbramento,
Nem trouxera ao meu mundo uma alegria inebriante,
Não me dera nem mesmo o tempo de um poema à sua pele
E ao seu corpo estendido sobre a cama das volúpias.
Nem fizera dos meus dias melodia emocionada.
Mas se foi sem que eu pudesse decifrar seu ato súbito.
Nem sequer me dera a chance de ficar a contemplar sua figura
No enlevamento dos poetas desprovidos de razão.

2013

Nenhum comentário: