Google+ Followers

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

MUNDO POEMA

Eu quero a vida tão prazerosa...!
Inebriante qual tuas coxas
Quando levantas o teu vestido
Ante meus olhos de pura sede.
Quero os meus dias tão saborosos
Como essa boca que tu me entregas
Nos beijos longos em que voamos.
Quero os momentos tão deleitantes
Como o teu corpo, no qual eu entro
Como se entrasse num paraíso
Pecaminoso, cheio de "ais".
Quero as manhãs  alegres e claras
Como o teu riso, que é pura luz.
Eu quero as noites serenas e brandas
Como o teu rosto macio e meigo
E esses teus olhos cheios de paz.
Quero que o mundo seja um poema,
E pr'este mundo ser um poema,
Eu só preciso de ti presente.

2010

Nenhum comentário: