Google+ Followers

domingo, 8 de agosto de 2010

LIRISMO

Vem, canção bonita, alimentar minh'alma.
Vem, mulher-encanto, nutrir meus desejos.
Vem, lua crescente, pratear meu corpo.
Vem, noite serena, traze-me um poema
Fresco como a brisa, brando como tu.

2 comentários:

O CANTO DE MARIA disse...

Olá poeta querido!
Belo poema este!!!!

STELLA VIVES disse...

Querido poeta, com esse seu Lirismo encantador, tomei a liberdade de formatar o poemeto e fazer uma pequena homenagem na comunidade Revista de Poesias I e II . Te mando o link e a fotopoesia, ok? Beijos na alma!