Google+ Followers

quinta-feira, 8 de abril de 2010

A POETISA

A poetisa faz poemas com a maestria e zelo
De quem borda o céu com estrelas cintilantes,
Como quem pinta no horizonte o verde mar,
Qual quem desenha gaivotas no painel do ceú azul.

A poeta verseja como quem regesse orquestra de letras,
Como quem branqueia as nuvens a enfeitar o firmamento,
Qual quem floreia os campos vastos, majestosos,
Como quem doura as ruas com a cor do sol.

A poetisa é tão bonita por ser mágica,
Por ser fada, encantada, por ser diva,
Miraculosa
A poetisa
Com a magia
Do seu condão.

2010

Nenhum comentário: