Google+ Followers

quinta-feira, 8 de abril de 2010

UNOS

Chama, clama, suplica por meu corpo,
Incandesce em nosso leito, delira em meu abraço
Febril.
Lança-me um olhar tão terno, que teus olhos mais pareçam
Os das musas romanescas, das amadas de quimeras.

Toma as minhas mãos nas tuas, dize o que ouvir preciso:
Fala a mim que somos unos, um ser leve como a brisa,
Tão aéreo, amante, solto
A voar na ventania,
A pousar na Estrela D"Alva,
E a planar na imensidão.

2010
Revisto e modificado em 2017

Nenhum comentário: