Google+ Followers

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

DA DOR NÃO NASCE ENCANTO

De minha agonia não sairá o mais belo poema,
De minha dor não nascerão os versos mais lindos
E não virão da impotente revolta as frases mais sábias,
Nem do desejo de não estar aqui e como estou brotarão as fantasias mais enlevantes.
De tudo só se verá esta fadiga das coisas e a sensação de não haver saída,
De nada decididamente poder mudar adiante.
Não, das mazelas não brotarão a criação e a beleza,
Do sofrimento só florescerá uma vontade de não haver nascido
Ou de morrer, mitigada pelo medo da morte.

2013

Nenhum comentário: