Google+ Followers

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

POETAR NATURALMENTE

Fazer versos como quem deixa o arranjo adentrar a alma leve
E solta a voz a cantar naturalmente,
Como quem deixa arrebatar o corpo a melodia
E solta o corpo a dançar tão simplesmente:
É assim, com natural simplicidade e envolvimento,
Que eu desejo sempre poetar.

2013

Nenhum comentário: