Google+ Followers

domingo, 30 de setembro de 2007

CHUVA FINA

Estou triste... estou tão triste...
Mas não me consumo. Apenas baixo a fronte.
E me resigno. Apenas me resigno...
Na mansidão da tristeza quieta.


Há uma chuva fina na tarde sombria.
A minha tristeza é como a chuva fina na tarde sombria.