Google+ Followers

domingo, 30 de setembro de 2007

PARAÍSO

Aquele que te tem na cama
Com os teus cabelos derramados
E esparramados
No travesseiro...
Aquele que te tem os beijos
Da língua ávida,
Dos lábios quentes...
Aquele que teus olhos súplices
Contemplam cálidos
E com ternura
E com fascínio...


Esse de quem falo habita o paraíso,
Vive em delírio, incessante êxtase,
Como fosse a vida feita de volúpias,
Vive em regozijo, como navegasse
Por todo o Universo em astrais viagens
Entre céus, cometas, luas, sóis, estrelas...
Aquele que te tem nos braços,
Aquele que te tem nos dias.

1995

Revisto e modifificado em 2012